10 de fev de 2010

Aprenda a validar seu Windows XP como original sem instalar nada
Peterson Flores13:50 0 comentários

Nesse tutorial abaixo irei mostrar de forma eficaz como validar seuWindows XP sem gastar se quer um real, apenas alguns minutos. Peço também aqueles que venham a ter alguma dúvida que deêm uma lida nos comentários desse post, pois possui inúmeras informações importantes.
1. Vá em Iniciar > Executar
2. Digite regedit e clique em OK.
3. Já dentro do regedit, navegue até a chave:
HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\WindowsNT\CurrentVersion\WPAEvents
4. No painel à direita, clique duas vezes em OOBETimer
5. Na janela que foi aberta, apague qualquer valor e clique em OK. Feche o
regedit
6. Vá novamente em Iniciar > Executar e dessa vez digite:
%systemroot%\system32\oobe\msoobe.exe /a
7. Na janela que foi aberta, escolha a opção Sim, desejo telefonar…
8. Na próxima etapa, clique no botão Alterar chave de produto.
9. Na etapa seguinte, digite a CD-Key:
THMPV-77D6F-94376-8HGKG-VRDRQ
e clique no botão Atualizar
10. Após clicar no botão Atualizar, o assistente para ativação voltará para a janela anterior, então, clique em Lembrar mais tarde e reinicie o Windows.
11. Reiniciado o Windows vá novamente em Iniciar > Executar e digite:
%systemroot%\system32\oobe\msoobe.exe /a
Se o seu windows não possuir a pasta msoobe, faça o download [aqui] ou [aqui].
Caso queira fazer o download desse tutorial, clique aqui (Rapidshare) ou (Easy Share).
E viva o Windows XP Original o sistema operacional mais usado no mundo!

Comentários Finais: Funciona mesmo Galera pode testar depois que descobri esse tutoral toda vez que formato algum pc valido na hora. Fica como um Original!

Créditos: Burlar.org

Favicon: um ícone para o seu blog
Peterson Flores12:00 1 comentários


FaviconPara quem desconhece o termo, "favicon” (abreviatura para “favorite icon”) é a imagem que aparece na barra de título ou na aba do browser quando você visita um site. Neste artigo, vou mostrar que é muito fácil criar um favicon para o seu blog. É uma melhoria simples e interessante a ser feita, que melhorará o visual do seu blog e chamará a atenção dos seus visitantes.

O que é o favicon?

Se você ainda não sabe do que estou falando, note o ícone que está na barra superior do seu browser enquanto você lê este artigo. Você verá as letras “GB” antes do título “Gerenciando Blog”. O mesmo já está configurado em meu outro blog, o TD Séries. Abaixo está o resultado desse recurso nos 3 browsers mais populares:
Microsoft Internet Explorer
Favicon Internet Explorer
Mozilla Firefox
Favicon Firefox
Google Chrome
Favicon Google Chrome
Este assunto não é novidade, mas notei que a grande maioria dos blogs ainda não fazem uso dos favicons. Por isso, ao visitar os blogs, normalmente aparece o ícone do Blogger na barra do browser (BloggerIco).
O favicon é uma imagem pequena, no tamanho de 16x16 pixels e normalmente no formato “.ICO” (de ícone). Há ainda outras possibilidades: há browsers que conseguem mostrar favicons animados e mesmo em outros formatos (GIF ou PNG). Mas, vou descrever aqui somente o processo utilizando o arquivo “.ICO”, que funciona perfeitamente para os três browsers que citei acima.

Como posso obter um favicon para meu blog?

Há 3 alternativas para você obter um favicon. Vou citá-las abaixo, começando da mais simples e indo até a mais complexa.
1. Utilizar um favicon pronto
Existem diversos sites em que é possível encontrar favicons prontos. Neste caso, basta visitar um desses sites e escolher um para seu site. Há milhares de opções diferentes! Alguns desses sites:
Se você se decidir por um desses arquivos, salve-o em seu computador. Basta clicar com o botão direito do mouse sobre ele e escolher a opção para salvar a imagem.
2. Converter uma imagem existente
Você pode também utilizar uma imagem já existente para criar o seu favicon. Esta foi a opção que adorei. Isso é útil caso você já tenha um logotipo ou avatar que identifique seu blog. Ficam com um melhor resultado imagens quadradas e que possuam bom contraste. Essas características garantem que a imagem continuará legível quando for redimensionada para 16x16 pixels.
Existem sites na internet que fazem a conversão de maneira bastante simples. O mais simples que encontrei é o http://www.favicon.co.uk. Basta escolher em seu computador o arquivo com a imagem original, selecionar o tamanho 16x16 e clicar em “Generate Favicon”. O processo é praticamente instantâneo e o favicon é exibido para download.
Outras opções:
Como na opção anterior, salve em seu computador o favicon gerado.
3. Criar seu próprio favicon
Esta última opção é para quem quer criar o seu favicon de forma manual. Pessoalmente, acho mais prático você desenhar seu favicon em formato grande e quadrado em qualquer editor de imagens e utilizar a conversão indicada no item anterior.
Mas, se você quiser criar seu favicon do zero, uma boa alternativa é ohttp://www.favicon.cc. Nele você pode desenhar seu favicon pixel a pixel. Pode também importar uma imagem e fazer online os ajustes necessários. A ferramenta permite também criar um favicon animado.
Novamente, salve o resultado final em seu computador.

Como adicionar o favicon ao meu blog?

Agora, com seu favicon criado, faltam apenas dois passos: hospedá-lo na internet e associá-lo ao seu site.
O primeiro passo é colocar seu favicon em algum provedor de arquivos. Há diversas opções para hospedagem. Você deve fazer o upload de sua imagem e copiar o caminho dela. Para o formato tradicional (.ICO), como expliquei aqui, não há muitas opções. Eu gosto muito do Webs.com porque a imagem fica com um nome “amigável” e é possível substituí-la posteriormente, sem alterar o endereço do link. Outras opções grátis:
Agora, falta apenas alterar o HTML do template do seu blog e adicionar a linha abaixo logo  depois do ,  depois altere o texto em vermelho pelo endereço de seu favicon:
Pronto! A partir de agora, quem acessar seu blog já verá o seu favicon.
Créditos: Gerenciando Blog

7 de fev de 2010

Como Contratar um Domínio Para Seu Blog
Peterson Flores10:14 0 comentários

Que tal usar um domínio personalizado para seu blog? O Blogger.com e o Wordpress.com, digamos que os dois principais sites provedores de blogs gratuitos, oferecem essa possibilidade.

Um domínio é um nome de site, próprio, que não leva nome do provedor. Por exemplo, www.soubalada.com. Quando você cadastra seu site usando hospedagem gratuita, normalmente recebe um subdomínio, que é um "domínio" dentro de outro. Basicamente seria um nome, separado do domínio do provedor por um ponto, como por exemplo, soubalada.blogspot.com.

Ter um domínio próprio dá mais credibilidade ao seu site, e hoje em dia o registro é tão barato... Cerca de 30 reais por ano, para a manutenção do órgão internacional responsável. Isso em se tratando de domínios internacionais, como os .com, .net, .org, .info... A "burrocracia" do registro.br, site oficial de registros nacionais, me dá tanto nojo que não gosto de falar sobre ela. Para começar, se você é pessoa física, não tem CNPJ, deveria ficar com um domínio ridículo do tipo www.seunome.nom.br ("nom" de nominal). Esqueça o .com.br, a menos que você tenha uma empresa devidamente aberta e registrada. Evite registrar usando o nome ou CNPJ de algum conhecido, por mais amigos que sejam, pois "legalmente" o registro será do responsável pelo CNPJ, e caso a pessoa entre em conflitos com você um dia, poderá "roubar" o seu domínio, "legalmente" ainda por cima, já que estaria no nome dela. A partir de maio de 2005, pessoas físicas podem registrar domínios .com.br sem CNPJ! Veja também outras terminações de domínios .br para pessoas físicas.

Nota para iniciantes: se for registrar, não peça hospedagem, solicite apenas o registro do domínio. Muitos provedores embrulhões tentam empurrar pacotes com hospedagem e domínios. E pesquise! Não pague mais de R$ 25 hoje em dia por um domínio .com, .org, .net ou .info, pois a empresa estará não te enrolando, mas estará ganhando mais em cima de algo que poderia sair mais barato para você. R$ 25 é a média mínima, procure uma que lhe faça a esse valor! E outra, NÃO PAGUE MAIS DO QUE ESSE VALOR EM REGISTRO DE DOMÍNIOS .INFO OU .BIZ. Várias empresas de registro cobram mais caro por esses nomes, mas não tem nada a ver, a taxa de manutenção do órgão internacional é a mesma. Pagando mais caro, eles estão ganhando mais. Não é "errado", eles estão na deles, mas cuidado para não pagar demais também. Afinal, se você quer jogar dinheiro fora, coloque na minha conta! (preço de R$ 25,00 dado como "padrão" na data de publicação desse texto, em 2007-09-01)

Vários sites que registram oferecem um servidor DNS deles, gratuitamente. Isso quer dizer que você não precisa pagar hospedagem, pode redirecionar seu domínio para um site gratuito qualquer. Assim você pode ter seu site no Tripod ou Geocities, mas com nome próprio. Ao redirecionar, o nome do site real (como seunome.seuprovedor.com.br) será exibido na barra de endereços, ou mesmo que não seja (como ao utilizar redirecionamento com frame), ele vai ser o endereço acessado pelo seu navegador. O seu domínio, então, servirá apenas como um apelido ou endereço mais amigável, assim como os subdomínios redirecionadores oferecidos por serviços gratuitos, como o cjb.net, rg3.net, etc.

O Blogger.com (falarei dele, que é o que eu uso; o processo para o Wordpress pode variar um pouco) oferece a possibilidade de "hospedar" seu blog em um domínio. Se você tem cartão de crédito, pode registrar por ele mesmo; caso prefira, opte por um serviço de terceiros que forneça registro independente de hospedagem.

Feito o registro, e ativado o domínio, para usá-lo no Blogger você deverá informar o endereço do servidor do Google, que é o ghs.google.com. Sem nos determos muito nos detalhes técnicos, acesse o painel de configuração do seu domínio, e crie um redirecionamento do tipo CNAME, mandando redirecionar o www para o ghs.google.com. Deve haver um ponto no final, caso o seu gerenciador não coloque, coloque manualmente você ou entre em contato com o suporte deles. Ficará então "ghs.google.com.", com esse ponto depois do ".com". Veja a tela de configuração do meu domínio soubalada.com (clique para ampliar):


Redirecionando o www, o seu blog no Blogger ficará acessível por www.seusite.com.etc. Ou seja, o seu site principal. Se você mantém outros sites, ou usa um serviço de hospedagem, ou ainda mantém o site manualmente, pode querer usar outro nome no lugar do www. Por exemplo, "blog". Assim, o endereço do seu blog seria blog.seusite.com.etc.

Escolhido e configurado para redirecionar para o ghs.google.com, vá ao painel de configurações do seu blog no Blogger.com.

Escolha o item "Publicação", e clique no link para usar um domínio personalizado. O Blogger oferecerá a opção de comprar um; caso você já tenha comprado usando outra empresa (o que vem a ser o caso do nosso exemplo), então clique no link que diz algo como "já tenho um domínio registrado". Aparecerá uma tela então solicitando o enderço do seu blog. Aqui no meu caso, digitei o endereço principal, www.soubalada.com. Veja:


Se você escolheu "blog" para o alias CNAME, então defina blog.seusite.com.etc, e por aí vai. Feito isso, mande salvar as configurações. Normalmente passa a valer na hora, pois o redirecionamento do DNS via CNAME não envolve mudança de DNS, mundialmente o seu domínio continua com os DNSs originais (como os da sua empresa de registro ou hospedagem, se for o caso), então não precisará ser atualizado nos servidores DNS mundiais da Internet. Sim, ao acessar seu domínio, o DNS fornecido pela empresa de hospedagem ou registro será acessado, e ele redirecionará ao servidor do Google. Normalmente isso não é perceptível, seu site não ficará "lento" por ser redirecionado. A menos, é claro, que o servidor do serviço em que você registrou o domínio toda hora caia, o que ocorre em serviços mixurucas.

É isso, assim você tem seu blog gratuito no Blogger.com com domínio personalizado.

Dica ++
Criando apenas um CNAME, permitido pelo Blogger, o seu blog ficaria acessível com um endereço só, por exemplo, www.soubalada.com. Se você quisesse que ele seja acessível também sem o www, você poderia criar um simples redirecionamento de URL que redirecionasse o seunome.com.etc para o www.seunome.com.etc. Na tela de configuração do domínio, normalmente crie um redirecionamento definido no nome do "servidor" um arroba, o símbolo @. Consulte o suporte da empresa registradora do domínio, eles podem te ajudar melhor nessa hora, visto que o painel, posições dos itens na tela e nomenclatura variam de empresa para empresa.

Ah, e o Blogger não deixará seus visitantes na mão. Todas as solicitações antigas feitas no seu endereço seunome.blogspot.com, serão automaticamente redirecionadas para o novo endereço, inclusive até mesmo se tiver algo depois da / final, como as páginas do blog, a pesquisa, etc. Isso evita que os links atuais existentes para seu blog na Internet sejam quebrados :)

Saiba que... Hospedar seu domínio no Blogger dessa forma é diferente de simplesmente redirecionar o domínio para o blog. Redirecionando a URL, o navegador continuaria acessando seu endereço terminado em .blogspot.com. Configurando o domínio dessa forma, o endereço real do blog passa a ser o seu domínio.

Boa sorte!